sábado, 6 de dezembro de 2008

Heroes - 3x08 a 3x11

Retomando brevemente as resenhas de "Heroes".
É, estou atarefado e com preguiça para fazer as resenhas.

Mas "Heroes" está mantendo um bom nível.


Em "3x08 - Villains" temos o relacionamento de Sylar e Elle, que pode explicar muitas coisas (ou não). Afinal, Sylar é o monstro que todos acreditam que ele seja ou mais uma "vítima das circunstâncias"?


Ainda, mais detalhes sobre os planos do Sr. Petrelli e as relações com seus familiares e Linderman.

Em "3x09 - It's Coming", a iminência de um evento que pode mudar para sempre o universo torna tudo mais tenso.
Hiro, mentalmente desabilitado pelo Sr. Petrelli, precisa redescobrir seus poderes e recuperar sua memória para evitar o pior.


Este arco da estória está realmente bem planejado (pelo menos é o que parece).

E isto nos leva a "3x10 - The Eclipse - Part 1", quando entendemos que um eclipse pode estar relacionado com as habilidades dos personagens.
Durante o eclipse, todas as habilidades são temporariamente anuladas, mostrando o quão dependentes de seus poderes os personagens são. Mas ainda, mostrando que, para muitos deles, apenas suas habilidades não os definem.


E então temos "3x11 - The Eclipse - Part 2", com uma das melhores cenas de todo o seriado. Três palavras: Best. Day. Ever.
Cena simples, engraçada e memorável.


Hiro e Ando tentam entender o que está acontecendo, através de edições da revista 9th Wonders.

Nathan e Peter "comem o pão que o diabo amassou". Nem deveria comentar a cena do Peter "Semi-Rambo" Petrelli. Foi simplesmente desnecessária e sem sentido.

O Sr. Bennett aproveita os poderes anulados para caçar Sylar e Elle.
Claire às portas da morte.
Matt e Daphne finalmente se acertando. Ou será que não?
E Mohinder percebendo que "o buraco é mais embaixo"...

Enfim, estes quatro episódios formam um belo "arco de estórias" dentro da estória desta terceira temporada.

Resta torcer para que este bom ritmo seja mantido.