sábado, 14 de novembro de 2015

UNITE!

"Quanto mais as coisas mudam, mais elas ficam na mesma", já dizia o filósofo S.D. Bob 'Snake' Plissken. E, infelizmente, ele está mais do que certo. Quanto mais evoluímos, mais parece que nos tornamos bestiais. Quanto mais prosperamos, mais parece que nos desfazemos de tudo aquilo que nos torna civilizados.

Charles Chaplin nos ensinou e nos advertiu. Assim como tantos outros antes dele. E mais alguns depois. Em uma época de grandes tragédias pontuais e de tantas outras turbulências cotidianas, em que o ser humano parece realmente ter esquecido o que é ser humano, o discurso do mestre é mais do que relevante. É essencial.



E com a bela dublagem clássica, com a voz de Sílvio Navas.