quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Heroes 3x01 & 3x02

Retomando as resenhas, agora com a 3ª temporada de Heroes.
Vou tentar fazer esta resenha de forma diferente.
Portanto, se você ainda não viu estes episódios, não leia mais nada a partir deste ponto.

Depois de todos os problemas que este seriado enfrentou com a greve dos roteiristas em Hollywood (o que ocasionou a redução de episódios e o final "apurado" da 2ª temporada), foi muito bom reencontrar Hiro Nakamura e sua turma.

Como já era esperado, Hiro e Ando "recebem" novamente uma missão para salvar o futuro da Terra. E agora precisam lidar com uma garota que é uma "versão feminina do Flash".


Enquanto isso, um Peter Petrelli do futuro volta no tempo para impedir o irmão, Nathan ("Flying-man!!!"), de anunciar a verdade sobre pessoas com poderes no mundo.
Tal ação acaba complicando o já intrigante esquema das coisas, conforme os sonhos de Angela Petrelli.

Matt Parkman, após um encontro com o Peter do futuro, é enviado para um deserto africano, onde encontra alguém que poderá ter grande importância nesta temporada.


Niki Sanders parece ter desenvolvido uma nova personalidade, trabalhando agora na esfera política. Mas será mesmo Niki? E que poder é aquele que ela demonstrou?


Também temos Maya Herrera e Mohinder Suresh, ainda pesquisando sobre os fatores que levam pessoas a desenvolverem poderes.
A pesquisa de Mohinder o leva a descobrir uma forma de isolar o gene responsável (e assim, ter a possibilidade de atribuir poderes a pessoas comuns).
Como todo bom cientista, Mohinder testa em si mesmo a sua fórmula.
O resultado é quase imediato: Mohinder torna-se um novo homem.
Gostei muito da referência ao filme "A Mosca". Será que Mohinder terá o mesmo destino de Jeff Goldblum naquele filme?


Além de tudo, vemos Claire Bennet sendo atacada pelo cretino-mor do seriado: Sylar.
E Sylar consegue o que desejava desde a primeira temporada: os poderes de Claire.
Mas surpreendentemente, Claire sobrevive.
Sylar revela que Claire é especial.
O que ele quis dizer com isso?
Esta é a grande pergunta que Claire faz quando reencontra seu pai adotivo.
Mais surpresas e revelações virão por aí.


Enfim, Heroes está de volta.
Dois bons episódios iniciais, com bons acontecimentos e revelações.